Feedback Imprimir

Aplicação

Configuração

Nesta configuração ficam atributos comuns as aplicações criadas através do Scriptcase, a seguir vamos descrever esses atributos.

Interface Configuração da aplicação Interface Configuração da aplicação

  • Código da Aplicação : Código da aplicação determinado no momento da criação da aplicação, este código pode ser renomeado através do menu principal.
  • Descrição : Este campo pode ser utilizado para fazer uma descrição sucinta dos objetivos da aplicação.
  • Caminho dos Documentos : Caminho absoluto onde estão armazenados os documentos da aplicação.
  • Diretório de Imagens : Diretório base onde estão armazenadas as imagens da aplicação.
  • Imagens Extras da Aplicação : Para utilizar que não são utilizadas dentro da aplicação em implementações de Regras de Negocio, dispensando o uso da macro sc_image.
  • Idiomas : Idioma das aplicações geradas. Todas os hints e mensagens serão exibidos no idioma selecionado.
  • Localização em Sessão : Compartilha localização com outras aplicações baseada nos valores em sessão.
  • Charset : Define um charset específico para a aplicação.
  • Esquema em Sessão : Compartilha temas com outras aplicações baseada nos valores em sessão.
  • Pasta : Pasta onde a aplicação será armazenada no grupo de trabalho.
  • Edição por Projeto : Permitir que outros usuários do grupo editem a aplicação.
  • Timeout : Tempo de timeout de execução em segundos. Zero assume o valor padrão do PHP.
  • HelpCase Link : Associe arquivos do HelpCase a sua aplicação

Configuracação de Erro

Interface de configuração de erros. Interface de configuração de erros.

  • Erro Script : Permite exibir informação do script e linha onde ocorreu o erro.
  • Erro SQL : Permite exibir o comando SQL que originou o erro.
  • Modo Debug : Rodar a aplicação em modo debug, exibindo os comandos SQL no momento da sua utilização.
  • Ajax Error Output : Abre uma janela de depuração com o código de saída do Ajax.

Navegação

Define os atributos de navegação de uma aplicação.

Interface de Navegação. Interface de Navegação.

  • Atributos
    • URL de Saída : URL para o qual o usuário será redirecionado quando ele sair da aplicação.
    • Fechar janela : Quando sair do aplicativo, fecha a janela do navegador.
    • URL de Redirecionamento : URL para redirecionamento no caso de não haver nenhuma variável global disponível.
    • Variável de Redirecionamento : Nome da variável através do qual será armazenada a URL da aplicação real.

Mensagens

Variáveis Globais

Esta tela mostra as variáveis globais existentes na aplicação.

A variável global é um parâmetro externo necessário para a execução da aplicação. A aplicação pode incluir variáveis globais na cláusula WHERE, nas definições e nomes de campos, programação em eventos, etc.

As variáveis globais são definidas entre colchetes ( [variável] ). Essas variáveis devem ser passadas para a aplicação que está sendo implementada através de um dos métodos: Session, Post e Get

Nota: Se for necessário a utilização de Identificadores de banco de dados em suas tabelas, recomendamos a utilização das aspas duplas ( ) ao invés dos colchetes ( [ ] ) devido ao conflico com a sintaxe das variáveis globais do Scriptcase. Utilizar os colchetes como Identificadores de banco de dados, poderá acarretar em problemas no funcionamento das aplicações do Scriptcase.

Interface variáveis globais. Interface variáveis globais.

Exemplo:

Selecione Cliente, CustomerName dos clientes WHERE CustomerID = '[v_customerid]'

Não recomendamos a utilização de variáveis de sessão (variáveis globais) com o mesmo nome dos campos da tabela.

Neste caso, a variável v_customerid aparece na configuração de variáveis globais.

Interface de configuração das variáveis globais. Interface de configuração das variáveis globais.

Exibe todas as variáveis globais usadas na aplicação

  • Atributo : nome da variável na aplicação.
  • Valor : Define o comportamento das variáveis, esse conteúdo é dividido em três blocos, são eles:
    • Escopo : Define a forma como a variável é recebida pela aplicação. Se tiver sido definida uma variável que é recebida por um método POST e foi aprovada pelo método get o conteúdo não será aceito. Métodos de passagem de valores das variáveis:
    • Session : Nesta opção, a variável deve ser criada como uma variável de sessão do PHP por outra aplicação.
    • Get : Define que a variável deve ser passada pela URL, ou seja, visível pelo navegador.
    • Post : Define que a variável deve ser passada através do método post do formulário HTML.
    • Configurações : Não valida (verificação) a variável em tempo de execução.
    • Tipo (Entrada / Saída) : Define se a variável é de entrada ou saída.
  • Descrição : Indica onde a variável está sendo utilizada.