Abrir tópico com a navegação

VARIÁVEIS no Scriptcase

Conceito de Aplicações Dependentes .

O ScriptCase considera como aplicação do tipo dependente, aquelas aplicações (formulário ou Consulta)  que para serem executadas dependem do recebimento de parâmetros externos (variáveis) que são passadas através de chamadas Html de métodos Post ou Get.

Na montagem de uma consulta do tipo dependente na cláusula Where ou Having o usuário determinara que condições precisam receber parãmetros externos (variáveis) através da utilização de colchetes ([ ]) . Veja abaixo um exemplo:

SELECT field1,field2 FROM table_duplicates WHERE cod_client = [glo_clientid]

Scriptcase usa variáveis nos métodos ou eventos das aplicações.Há Variáveis Locais e Variáveis Globais:


VARIÁVEIS Locais

Ele utilizará uma variável PHP. (Inciando com $).

$var1 = 'local';

Ele é utilizada apenas em um evento ou método.Ele finaliza o escopo e termina o evento.
Se ela estiver sendo utilizada no evento onLoad, ela será utilizada apenas nesse evento.


VARIÁVEIS Locais

Antes de o navegador enviar a informação, ele codifica URL chamada. Neste esquema, pares nome / valor são unidas com sinais iguais e diferentes pares são separados pelo E comercial.

Scriptcase utiliza variáveis globais com conchetes [].

[var2] = 'global';

Você pode chamar em eventos ou métodos de uma aplicação.


Nota 1: Uma varaiável local pode ser uma variável global se você usar a macro sc_set_global.
$var3 = 'Testando';                          // var3 é uma variável local
sc_set_global($var3);                    // transformando var3 em uma variável global
echo [var3] ." global variables";       // Agora podemos chamar [var3] em outro evento.


VARIÁVEIS de SessÃo

É utilizada como uma variável global (com colchetes)

[var4] = 'sessão';

Mas você pode acessar "Aplicações>>Variáveis Globais" para definir [var4] para ser "SESSÃO ".

Variáveis de sessão podem ser chamadas em qualquer evento de uma aplicação.
Se criada uma aplicação de login pode-se chamar em qualquer aplicação do projeto.


Nota 2: Acessando "Variáveis Globais de Aplicações" você pode definir se uma variável global / sessão como IN ou OUT.
Se uma aplicação está CRIANDO uma variável, deve ser uma variável OUT.
Se uma aplicação está RECEBENDO outra variável, ele deve ser uma variável IN. (IN é padrão)


Nota 3: Variáveis globais e sessões podem ser redefinidas utilizando a macro set_global.
sc_reset_global ([var3],[var4]);

VARIÁVEIS de campos

Valores de campo podem ser chamados em um evento utilizando "chaves". 


{field_x} = 'field_x receber valores ';
{field_y} = [var3];
{field_z} = {field_y};