Imprimir

Importar Base de Dados

Esta ferramenta nos permite converter tabelas armazenadas em arquivos .XLS, .SCV, .accdb e .mdb para as seguintes base de dados: MySQL, PostgreSQL, SQLite e SQL Server.

As opções de importação encontram-se no menu Banco de dados.

Importação ACCESS

Permite a conversão de uma ou mais fonte de dados para um banco estruturado.

Seleção dos Arquivos

Primeiramente devemos informar os arquivos que serão convertidos. Podemos informar o caminho absoluto do arquivo, arrastar e soltar o arquivo ou selecionar o arquivo na opção Selecione os arquivos.

Selecionando o arquivo ACCESS para a conversão da tabela

Configuração das Tabelas

Após selecionar os arquivos, devemos prosseguir para a tela de configuração.

Nesta tela teremos um campo senha, que é utilizado apenas se os arquivos do ACCESS que foram selecionados solicitarem senha para listar as tabelas. Nestes casos, após informar a senha clique em listar tabelas.

Senha das tabelas

Ainda na mesma página, podemos visualizar duas abas Tabelas e Avançado.

Lista de tabelas

Aba Tabelas

Podemos visualizar a lista de tabelas que serão convertidas. Ao lado do nome das tabelas, existem duas opções: Editar e Pré-Visualização.

Na opção Editar, podemos alterar toda a estrutura da tabela que será criada, como seu nome, tamanho dos campos, tipo de dados entre outras opções.

Editar estrutura das tabelas criadas

Em Pré-Visualização veremos uma prévia de como a tabela será importada.

Pré-visualização da tabela que será criada

Aba Avançado

Na aba “Avançado” estão disponíveis configurações na criação do script de importação da tabela Podemos configurar o Script que será criado para a criação das tabelas na nova base de dados.

Configurações avançadas da criação do script

  • Adicionar DROP TABLE - Adiciona um DROP TABLE IF EXISTS antes do CREATE das tabelas, desta forma, caso existam tabelas com o mesmo nome na base de dados de destino, elas serão deletadas.
  • Recriar estrutura e dados - Definimos que toda a estrutura da tabela e os dados serão importados.
  • Recriar estrutura - Definimos que apenas as estruturas das tabelas serão importadas.
  • Recriar dados - Definimos que apenas os dados das tabelas serão importados (Caso as tabelas existentes na base de dados possuam a mesa estrutura das que estão sendo importadas)

Conexão

Neste passo devemos selecionar a conexão (Base de dados) que iremos importar as tabelas. Podemos selecionar uma conexão existente no projeto ou criar uma nova.

Selecionar conexão para importação

Em seguida será exibido um log das tabelas das tabelas que foram importadas e o total de registros inseridos.

Log das tabelas e registros criados

Importação XLS

Permite a conversão de uma ou mais fonte de dados para um banco estruturado.

Seleção dos Arquivos

Primeiramente devemos informar os arquivos que serão convertidos. Podemos informar o caminho absoluto do arquivo, arrastar e soltar o arquivo ou selecionar o arquivo na opção Selecione os arquivos.

Selecionando o arquivo ACCESS para a conversão da tabela

Configuração das Tabelas

Após selecionar os arquivos, devemos prosseguir para a tela de configuração.

Nesta tela devemos primeiramente informar a linha em que o nome das colunas estão, desta forma toda a informação que estiver abaixo será considerada registro da tabela. Caso esta informação não seja preenchida, todo o conteúdo do arquivo será considerado como registro da tabela.

Informe a linha da coluna das tabelas

Ainda na mesma página, podemos visualizar duas abas Tabelas e Avançado.

Lista de tabelas

Abaixo iremos visualizar a lista das tabelas dos arquivos, com os nomes das tabelas e o nome dos arquivos. No caso de arquivos XLS ou SCV o nome da tabela é obtido através do nome da aba no arquivo.

Aba Tabelas

Podemos visualizar a lista de tabelas que serão convertidas. Ao lado do nome das tabelas, existem duas opções: Editar e Pré-Visualização.

Na opção Editar, podemos alterar toda a estrutura da tabela que será criada, como seu nome, tamanho dos campos, tipo de dados entre outras opções.

Editar estrutura das tabelas criadas

Em Pré-Visualização veremos uma prévia de como a tabela será importada.

Pré-visualização da tabela que será criada

Aba Avançado

Na aba “Avançado” estão disponíveis configurações na criação do script de importação da tabela Podemos configurar o Script que será criado para a criação das tabelas na nova base de dados.

Configurações avançadas da criação do script

  • Adicionar DROP TABLE - Adiciona um DROP TABLE IF EXISTS antes do CREATE das tabelas, desta forma, caso existam tabelas com o mesmo nome na base de dados de destino, elas serão deletadas.
  • Recriar estrutura e dados - Definimos que toda a estrutura da tabela e os dados serão importados.
  • Recriar estrutura - Definimos que apenas as estruturas das tabelas serão importadas.
  • Recriar dados - Definimos que apenas os dados das tabelas serão importados (Caso as tabelas existentes na base de dados possuam a mesa estrutura das que estão sendo importadas)

Conexão

Neste passo devemos selecionar a conexão (Base de dados) que iremos importar as tabelas. Podemos selecionar uma conexão existente no projeto ou criar uma nova.

Selecionar conexão para importação

Em seguida será exibido um log das tabelas das tabelas que foram importadas e o total de registros inseridos.

Log das tabelas e registros criados

Importação CSV

Permite a conversão de uma ou mais fonte de dados para um banco estruturado.

Seleção dos Arquivos

Primeiramente devemos informar os arquivos que serão convertidos. Podemos informar o caminho absoluto do arquivo, arrastar e soltar o arquivo ou selecionar o arquivo na opção Selecione os arquivos.

Selecionando o arquivo ACCESS para a conversão da tabela

Configuração das Tabelas

Após selecionar os arquivos, devemos prosseguir para a tela de configuração.

Nesta tela devemos primeiramente informar a linha em que o nome das colunas estão, desta forma toda a informação que estiver abaixo será considerada registro da tabela. Caso esta informação não seja preenchida, todo o conteúdo do arquivo será considerado como registro da tabela.

Informe a linha da coluna das tabelas

Ainda na mesma página, podemos visualizar duas abas Tabelas e Avançado.

Lista de tabelas

Abaixo iremos visualizar a lista das tabelas dos arquivos, com os nomes das tabelas e o nome dos arquivos. No caso de arquivos XLS ou SCV o nome da tabela é obtido através do nome da aba no arquivo.

Aba Tabelas

Podemos visualizar a lista de tabelas que serão convertidas. Ao lado do nome das tabelas, existem duas opções: Editar e Pré-Visualização.

Na opção Editar, podemos alterar toda a estrutura da tabela que será criada, como seu nome, tamanho dos campos, tipo de dados entre outras opções.

Editar estrutura das tabelas criadas

Em Pré-Visualização veremos uma prévia de como a tabela será importada.

Pré-visualização da tabela que será criada

Aba Avançado

Na aba “Avançado” estão disponíveis configurações na criação do script de importação da tabela Podemos configurar o Script que será criado para a criação das tabelas na nova base de dados.

Configurações avançadas da criação do script

  • Adicionar DROP TABLE - Adiciona um DROP TABLE IF EXISTS antes do CREATE das tabelas, desta forma, caso existam tabelas com o mesmo nome na base de dados de destino, elas serão deletadas.
  • Recriar estrutura e dados - Definimos que toda a estrutura da tabela e os dados serão importados.
  • Recriar estrutura - Definimos que apenas as estruturas das tabelas serão importadas.
  • Recriar dados - Definimos que apenas os dados das tabelas serão importados (Caso as tabelas existentes na base de dados possuam a mesa estrutura das que estão sendo importadas)

Conexão

Neste passo devemos selecionar a conexão (Base de dados) que iremos importar as tabelas. Podemos selecionar uma conexão existente no projeto ou criar uma nova.

Selecionar conexão para importação

Em seguida será exibido um log das tabelas das tabelas que foram importadas e o total de registros inseridos.

Log das tabelas e registros criados