Imprimir

SQL

Neste módulo são definidos os atributos relativos a conexão com a tabela em que o Formulário foi criado. Podemos definir a Chave Primária, Filtros, Ordenações para o formulário criado.

Interface de configuração do SQL. Interface de configuração do SQL.

  • Escolha dos Campos que são Chave Primária : Nessa função é exibido um objeto Combobox com um “ * “ ao lado, que indica qual(is) são os campos que compõem a Chave Primária da Tabela SQL. Na grande maioria dos casos, o próprio Scriptcase faz essa identificação, para os casos que isso não acontece, o próprio usuário deverá fazer esta identificação, utilizando os botões ao lado para fazer a escolha da chave. Veja como funciona os botões:

    • Botão Liga/Desliga : Dá ou retira o atributo de chave primária do campo. O campo definido como chave primária apresenta um asterisco no lado esquerdo do seu nome.
    • Botão Todos : Define todos os campos como chave primária. Esses campos passam a apresentar um asterisco no lado esquerdo do seu nome.
    • Nenhum : Exclui todos os campos. Normalmente é usado para limpar todas as definições de Liga/Desliga e reiniciar o processo.
    • Botões de Ordenação : São as setas que ficam no lado direito do Combobox. Permite ordenar os campos da Chave Primária, colocando o mesmo na ordem desejada. Para ordenar clique sobre o campo e utilize as setas para fazer a movimentação.
  • Cláusula Where : Espaço opcional para que o usuário escreva a cláusula WHERE com o objetivo de filtrar os registros SQL que possam ser editados.

  • Ordenação : Espaço opcional para que o usuário escreva a cláusula ORDER BY que determinará a ordem em que os registros serão exibidos, quando a barra de navegação for utilizada por default, a ordem é determinada pela Chave Primária.
  • Conexão : Exibe o nome de conexão (database) que a aplicação está utilizando para sua execução, esta conexão pode ser trocada por outra que contenha as mesmas tabelas (SQL).

  • Nome da Tabela : Nome da tabela que a aplicação de Formulário esta utilizando.
  • Variável para Tabela : Estes campos preenchidos, possibilitam que parte do nome da tabela definida no select, seja trocado antes da execução do comando por um conteúdo de uma variável.

Configuração de variável para tabela. Configuração de variável para tabela.

No primeiro campo deve-se preencher com o nome da variável. O segundo campo deve ser preenchido com a parte do nome da tabela a ser substituída.

  • Case Sensitive : Esta opção deve ser setada para “Não”, apenas se o banco estiver configurado para case-sensitive e for desejado que o filtro não respeite esta configuração.